.:: Brasil
.:: Celebridade
.:: CIDADE OCIDENTAL
.:: Concurso
.:: Destaque
.:: Direitos Humanos
.:: Diversão e Cultura
.:: Economia
.:: Educação
.:: Emprego
.:: ENTORNO
.:: Entretenimento / Cultura
.:: Esporte
.:: Goiás
.:: Grande Brasília
.:: Habitação
.:: Imprensa
.:: Internacional
.:: Justiça
.:: Meio Ambiente
.:: Negócios
.:: NOVO GAMA
.:: Opinião
.:: Polícia DF
.:: Polícia Entorno
.:: Polícia Outras Regiões
.:: Política Distrito Federal
.:: Política Entorno
.:: Política Nacional
.:: Religião
.:: SANTA MARIA
.:: Saúde
.:: Segurança
.:: Segurança Pública
.:: Solidariedade
.:: VALPARAÍSO DE GOIÁS
Ibaneis sobre prisão de Temer: “Reforma da Previdência fica mais difícil”
JANELA INDISCRETA
 
Procurado pelo Metrópoles na tarde desta quinta-feira (21/3) para comentar a prisão do ex-presidente e correligionário Michel Temer, ocorrida nesta manhã, o governador Ibaneis Rocha (MDB) declarou que o desdobramento da Lava Jato atrapalhará a aprovação da reforma da Previdência no Congresso Nacional. O número um do Palácio do Buriti está em São Paulo (SP) em visita a multinacional da área farmacêutica.
Ibaneis disse que enxerga com “apreensão” o mandado judicial expedido pelo juiz federal Marcelo Bretas. “Sem dúvida, traz mais instabilidade política para um país que precisa de normalidade para resolver os inúmeros problemas que tem”, declarou à coluna. Segundo o chefe do Executivo local, a prisão de mais um ex-presidente trará impacto imediatos. “Perde a política, perde o Brasil e certamente teremos muitas repercussões no campo da política”, completou.
Ao afirmar não ter conhecimento profundo sobre o inquérito da nova fase da Operação Lava Jato, Ibaneis – que é advogado – avaliou como “precipitada” a decisão de prender o ex-presidente. “Atinge um senhor de 78 anos de idade com grandes serviços prestados à nação. Não conheço o inquérito, mas, pelo que conheci no curto convívio que tive, [Temer] me pareceu uma pessoa honrada e limpa. Vou precisar conhecer melhor o processo para me posicionar juridicamente. Do ponto de vista pessoal, estou abalado e triste”, completou.
Limpeza no MDB
Na terça-feira (19), Ibaneis participou de reunião da Comissão Executiva Nacional do MDB, com governadores, prefeitos e lideranças nacionais da legenda, na Câmara dos Deputados. No encontro, o chefe do Executivo local fez duras críticas à sigla. O brasiliense afirmou que o partido “está se diluindo” e defendeu a expulsão de integrantes presos.
 
“Não me sinto na condição de estar no mesmo partido que Eduardo Cunha. Não posso estar no mesmo partido de um camarada preso porque tinha R$ 50 milhões escondidos em malas dentro de um apartamento”, disparou, em referência ao ex-presidente da Câmara e ao ex-ministro Geddel Vieira.
O discurso inflamado foi feito na frente de caciques da legenda, como Renan Calheiros, Romero Jucá e o irmão de Geddel, Lúcio Vieira Lima. Ibaneis foi duro e ameaçou deixar a legenda caso a situação não fosse revertida: “Ou vocês querem um partido novo, ou vocês não me querem no partido. Se não enfrentarmos nossas feridas, vamos definhar”.
Falta de protagonismo
Ibaneis criticou a falta de protagonismo do MDB na discussão de temas nacionais importantes atuais, como a reforma da Previdência e o pacto federativo. Disse que, da forma como caminha atualmente, a legenda está fadada ao insucesso nas eleições municipais de 2020. “O partido nem sequer existe do ponto de vista estrutural”, atacou, destacando que a agremiação corre o risco de não conseguir montar diretórios regionais competitivos.
 
O governador do DF tem reservado espaço significativo da sua agenda para campanha destinada a conquistar o comando nacional de seu partido. Em fevereiro, chegou a dizer ao Metrópoles: “Eu não me furto a desafio nenhum. Tenho conversado com todas as lideranças para que, se houver um consenso, eu assuma esse papel. Acredito que o MDB deve e pode ser renovado”.
O emedebista vem embalado pelo discurso do novo, tão necessário à sobrevida da legenda, desgastada nos últimos anos pela velha política. Representante do conceito outsider, Ibaneis nunca escondeu que tem um ambicioso projeto político nacional.
Fonte - G1/DF



Fonte: G1/DF
Publicado em: 21/03/2019 20:17
Link: http://www.agenciasatelite.com.br/website/siteplus/noticia/noticia_detalhe_23a.asp?id=495&idRegistro=23280
MAIS NOTÍCIAS

A canetada: Arruda deverá indicar o próximo Administrador do Gama.

CIDADES - Mesa Diretora da CLDF anuncia privatização do Plano de Saúde

Secretário de Desenvolvimento Econômico do DF, Ruy Coutinho pede exoneração

Deputado Robério Negreiros quer “Fila Única Emergencial” para leitos do DF

Covid-19: CLDF derruba veto à proibição de corte de água, luz e telefone

Após polêmica, distritais querem anular votação que incluiu ex-deputados em plano de saúde da CLDF

POLÍTICA - CLDF analisará veto à gratuidade para profissionais da saúde no transporte

Robério Negreiros parabeniza parceria entre Codhab e Anoreg que reduz preço de certidões cartorárias

POLÍTICA - CLDF cria programa para a contratação de voluntários não remunerados

Distritais aprovam gratuidade de carteira de habilitação a pessoas carentes

Ibaneis sobre Brasília: “Hora de celebrar a nossa gente”

CIDADES - Em reunião, Bolsonaro e Ibaneis flertam com a ideia de reabrir escolas militares no DF

CIDADES - Distrital prepara decreto para liberar funcionamento de templos religiosos

CIDADES Deputado usa trio elétrico para fazer doação de máscaras inservíveis

Higienização de ônibus públicos é aprovada na CLDF

Pets poderão ter entrada liberada nos hospitais

CLDF - Aprovada isenção de água e luz para quem paga tarifa mínima

DO ALTO DA TORRE Afago na colega: líder do governo na CLDF é exemplo de boa convivência

Aprovado projeto de Flávia Arruda que proíbe negativação no SPC e Serasa durante pandemia

Distrital Robério Negreiros enaltece o trabalho dos Jornalistas.

projeto de lei do Deputado Fernando Fernandes garante alimentação gratuita para os beneficiários do corona-voucher

GDF terá que disponibilizar tratamento aos professores com Síndrome de Burnout

Nosso Natal serve 46 mil refeições; média diária é de 23,7 mil

Gama e Santa Maria têm sábado de ceia especial

CLDF entra em recesso e terá votações eletrônicas na volta

Câmara aprova Projeto que proíbe supermercados de conferirem mercadorias

Os verdadeiros motivos da exoneração de Miro Gomes

Sob pressão: Luos é aprovada na Câmara Legislativa. Veja o que muda