Maior parte do comércio será autorizada a reabrir a partir de 3 de maio. Bares, restaurantes e academias, contudo, devem permanecer fechados
 
O GDF vai tornar obrigatório o uso de máscara para as pessoas que saírem de casa. A medida faz parte do afrouxamento do isolamento social decretado diante da pandemia de coronavírus.
 
A decisão foi discutida entre secretários e o governador Ibaneis Rocha (MDB), durante uma reunião realizada na tarde desta sexta-feira (17/04).
A maior parte do comércio será autorizada a reabrir a partir de 3 de maio. Bares, restaurantes e academias, no entanto, ainda deverão permanecer de portas fechadas.
O mais recente balanço do GDF, desta sexta-feira, aponta que a capital do país tem 754 casos confirmados de coronavírus. No total, 20 pessoas morreram em decorrência da doença.
 
A Secretaria de Saúde já havia indicado que a medida seria adotada. De acordo com Francisco Araújo, chefe da pasta, em entrevista na quarta-feira (15/04), a discussão do uso obrigatório de máscaras nas ruas do DF vem sendo realizada, mas só seria tomada se houvesse segurança quanto à determinação.
Outras capitais do país vêm adotando o uso obrigatório do equipamento nas ruas, como Belo Horizonte. O prefeito da cidade mineira, Alexandre Kalil (PSD), decretou a medida a partir desta sexta-feira (17/04), porém, assegurou que não pretende abrir o comércio.
A obrigatoriedade também começou nesta sexta em Florianópolis. Na capital catarinense, o cidadão que não utilizar o equipamento pode ser multado.
Fonte - Metrópoles



Fonte: Metrópoles
Publicado em: 16/04/2020 16:30
Link: http://www.agenciasatelite.com.br/website/siteplus/noticia/noticia_detalhe_23a.asp?id=495&idRegistro=26379