A previsão é que até o fim do ano, 13 mil metros de calçamento sejam implantados
 
Santa Maria é mais uma cidade do Distrito Federal a priorizar pedestres e pessoas com deficiência. Nove pontos de maior movimentação da região administrativa ganharam calçadas com acessibilidade. Até agora, foram instaladas 3.450m² de passagens construídas à margem das pistas de carro. A previsão para até o fim do ano é de um total de 13 mil metros quadrados. A executora do serviço é a Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap).
Na CL 316, por exemplo, as novas calçadas receberam elogio do morador Roberto Carlos dos Santos, 53 anos. De bicicleta e devidamente mascarado, ele utilizava a passagem para seguir seu trajeto rumo ao comércio. Ao parar para dar entrevista, disse que as novas calçadas dão “um aspecto de beleza à cidade”. “Sem contar a segurança que nos dão”, emendou.
 
A Novacap instalou na CL 316 mais de 400m² de calçada. Na tarde desta terça-feira, uma empresa contratada pela companhia dava os últimos retoques na obra para liberá-la aos pedestres e ciclistas. Funcionários faziam o plantio de grama na parte onde não tem meio-fio para evitar infiltração de águas pluviais. Além dos moradores, a passagem vai beneficiar os estudantes do Centro de Ensino na QR 316, que passarão a usá-la no trajeto da escola.
As benfeitorias na cidade ocorrem de uma ponta a outra. Em Santa Maria Sul, na CL 102, falta apenas o trecho perto do ponto de ônibus para a calçada ficar cem por cento pronta. Mesmo tendo de se afastar alguns metros da parada, a moradora do Gama Jeane Santos, 39, não perdeu o bom humor. “Quando estiver pronta, vai ficar muito boa para a gente, que utiliza transporte público”, destacou.
As outras localidades em Santa Maria que receberam novas calçadas foram: CL 417 (122,54 m2), QR 116 (93,62m²), QR 203 (312,62m²), QR 218 (600m²), CL 307 (628,82m²), proximidades do BRT (505m²) e QR 307 (426,28m²). O investimento até agora foi de R$ 160 mil.
Responsável pela Diretoria de Urbanização da Novacap, que executa a instalação das calçadas no DF, o engenheiro Sérgio Antunes Lemos disse que a instalação desses equipamentos é uma demanda antiga da comunidade. Segundo ele, as calçadas de Santa Maria – as poucas que restaram da gestão passada – estavam em mau estado. “Não foram somente calçadas que refizemos. Colocamos ainda 250 metros lineares de meios-fios”, afirmou.
Fonte - AGÊNCIA BRASÍLIA



Fonte: Agencia Brasília
Publicado em: 20/05/2020 12:26
Link: http://www.agenciasatelite.com.br/website/siteplus/noticia/noticia_detalhe_23a.asp?id=495&idRegistro=26559