Após ventos de 60km/h na segunda-feira, cenário segue propício para novas "tempestades de verão", segundo o Inmet
 
HUGO BARRETO/METRÓPOLES
 
Depois da chuva e dos ventos fortes que surpreenderam o Distrito Federal na segunda-feira, o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) manteve, para esta terça-feira, o alerta para precipitações intensas.
 
“Com temperatura que deve ficar entre 28ºC e 30ºC e umidade alta, o cenário segue perfeito para as chamadas chuvas de verão”, afirmou a meteorologista Naiane Araújo. No entanto, segundo ela, essas pancadas são localizadas. “Ontem mesmo, não caiu uma gota na região de Planaltina e Sobradinho“, destacou.
 
Além disso, vórtices ciclônicos de altos níveis rondam o DF, a 12km de altitude, ajudando na formação áreas de baixa pressão. “Isso, somado ao calor e à umidade, deixa hoje a região com o mesmo cenário de ontem”, alerta Naiane.
 
 
Segundo o Inmet, choveu 78 milímetros de água somente na região do Sudoeste, o equivalente a 37% dos 209,4 milímetros esperados para todo o mês de janeiro.
 
Apesar do instituto esperar precipitações para a semana, a intensidade surpreendeu. “Foi totalmente fora do padrão, uma tempestade mesmo”, reforça a meteorologista Naiane. Segundo ela, foram registradas rajadas de ventos acima de 60km/h.
 
Fonte - Metrópoles