Operação também resultou na prisão de um suspeito de tráfico de seres humanos e na abertura de várias investigações
 
FBI realizou operação contra o tráfico de pessoas e resgatou 33 crianças Foto: Divulgação/FBI
 
O serviço federal de investigação dos Estados Unidos (FBI) anunciou, na última sexta-feira (22), que conseguiu resgatar 33 crianças que estavam desaparecidas em Los Angeles, na Califórnia. Segundo as autoridades, oito das vítimas estavam sendo exploradas sexualmente no momento do resgate. A ação teve início no dia 11 de janeiro e contou com a parceria da polícia local.
 
Segundo o FBI, duas vítimas foram recuperadas várias vezes durante a operação enquanto estavam na “pista”, termo usado para descrever um local conhecido de tráfico sexual comercial. As autoridades informaram que não é incomum que as vítimas resgatadas retornem ao tráfico sexual comercial voluntariamente ou por meio da força, fraude ou coerção.
 
Outras vítimas localizadas pelas autoridades foram exploradas sexualmente no passado e foram consideradas crianças desaparecidas vulneráveis, ​​antes de sua recuperação. Além disso, a operação resultou na prisão de um suspeito de tráfico de seres humanos e na abertura de várias investigações.
 
Algumas das vítimas menores foram presas por violações da liberdade condicional, roubos ou outras contravenções. Uma criança foi vítima de sequestro parental sem custódia. Segundo o FBI, o número de casos de crimes relacionados ao tráfico sexual e de trabalho aumentou de modo significativo nos últimos anos, mas a agência segue no combate a esse tipo de crime.
 
– O FBI considera o tráfico de pessoas uma escravidão moderna, e os menores envolvidos no tráfico sexual comercial são considerados vítimas. O FBI e nossos parceiros investigam o tráfico sexual infantil todos os dias do ano e 24 horas por dia – disse Kristi Johnson, diretora assistente do FBI.
 
Várias equipes foram montadas para essa operação, compostas por agências de aplicação da lei locais, estaduais e federais, bem como o Centro Nacional para Crianças Desaparecidas e Exploradas, o Departamento de Serviços à Criança e [à] Família da Califórnia e organizações não governamentais de defesa das vítimas.
 
Fonte - Pleno News