Prazo, que começa a contar nesta quinta (28/1), foi dado pela Secretaria de Educação, em portaria publicada no Diário Oficial do DF
RAFAELA FELICCIANO/METRÓPOLES
 
A Secretaria de Educação do Distrito Federal deu prazo de 20 dias para as escolas particulares apresentarem os calendários letivos para o ano de 2021. A portaria foi publicada na edição do Diário Oficial do DF (DODF) desta quinta-feira (28/1). Cerca de 20% desses colégios iniciariam as atividades na segunda-feira (25/1).
 
Os 20 dias começam a contar a partir da publicação, nesta quinta. Conforme o texto, as instituições educacionais da rede privada de ensino têm autonomia na elaboração do calendário escolar.
 
As unidades, devidamente credenciadas ou com autorização de funcionamento, a título provisório, devem submeter o calendário à apreciação e homologação da secretaria por meio do site da pasta, neste link.
 
A secretaria determinou ainda que, após homologado, o cronograma letivo seja amplamente divulgado à comunidade escolar e afixado em local visível da instituição educacional. Segundo o texto publicado no DODF, a escola que descumprir disposições constantes na portaria pode sofrer sanções, “de acordo com suas competências”.
 
Em caso de alteração no cadastro da instituição educacional, a Diretoria de Supervisão Institucional e Normas de Ensino (DINE) deverá ser, oficialmente, comunicada para fins de atualização do Cadastro das Instituições Educacionais Credenciadas do Distrito Federal (CIEC), sendo pré-requisito para análise e homologação do calendário escolar.
 
Veja, abaixo, os detalhes em relação às informações que as unidades privadas devem enviar à pasta:
 





 
 
Ao Metrópoles, a presidente do Sindicato dos Estabelecimentos Particulares (Sinepe-DF), Ana Elisa Dumont, destacou que “as escolas estão preparadas para atender o prazo da Secretaria de Educação.”
 
“Estávamos aguardando a abertura do sistema, que, normalmente, é aberto no término do ano letivo anterior, mas, devido à pandemia, foi prorrogado. As instituições privadas de ensino estão com os calendários prontos, e teremos condição de atender perfeitamente ao prazo estipulado”, ressaltou.
 
Fonte - Metrópoles