Curso conta com temas importantes no combate à pandemia e pode ser acessado pela Plataforma EaD do instituto
 
 
Preparar cada vez mais os profissionais de saúde para o enfrentamento seguro da pandemia do coronavírus. Com essa proposta, a Diretoria de Inovação, Ensino e Pesquisa (Diep) do Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do Distrito Federal (Iges-DF) lançou, nesta semana, o segundo módulo do curso Especial Coronavírus, desta vez destinado aos médicos que atuam nas oito unidades administradas pela instituição.
 
Disponibilizada na Plataforma de Ensino a Distância (Plataforma EaD), a capacitação é voltada aos colaboradores do Hospital de Base (HB), do Hospital Regional de Santa Maria (HRSM) e das seis unidades de pronto atendimento (UPAs) do DF.
 
O curso é dividido em 13 temas, que tratam sobre procedimentos utilizados no tratamento da doença. Alguns dos assuntos são: terapêutica medicamentosa na covid-19; aspectos clínicos da covid-19; e estratégias ventilatórias invasivas em insuficiência respiratória devido à covid-19.
 
Além dos conteúdos, o curso reúne vídeos de simulação médica para atuação contra o coronavírus.
 
“Estamos satisfeitos em dar continuidade a esse projeto e garantir um treinamento de qualidade aos nossos profissionais sem precisar expô-los”, relata a diretora de Inovação, Ensino e Pesquisa, Emanuela Dourado Ferraz. “Essa conquista com certeza trará resultados no enfrentamento correto e seguro da pandemia.”
 
Cursos semanais por especialidade
Com a impossibilidade de treinamentos e capacitações presenciais, a Diep está lançando os módulos por especialidade semanalmente na plataforma EAD do instituto. O primeiro módulo foi destinado aos enfermeiros que trabalham no Iges. Também serão contemplados fisioterapeutas, farmacêuticos, profissionais de laboratório e nutricionistas.
 
A plataforma EaD do Iges-DF
A plataforma EAD do Iges-DF foi lançada em abril de 2020 e já conta com 8.124 inscritos, totalizando 59.400 acessos. A Diep pretende ampliar o alcance da plataforma, uma vez que os treinamentos presenciais estão suspensos por conta das medidas de distanciamento.
 
Texto: Thaís Umbelino