Será autorizada a entrada de um visitante por interno a cada 15 dias. Cada visita deverá durar, no máximo, três horas
 
Foto: Agência Brasília
 
O GDF, por meio da Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus), autorizou o retorno gradual das visitações nas unidades de internação e de internação provisória do sistema socioeducativo do DF. A decisão foi publicada no Diário Oficial (DODF) nesta quinta-feira (27).
 
Será autorizada a entrada de um visitante por interno a cada 15 dias. Os visitantes deverão atender os protocolos de segurança contra a covid-19, como o uso de máscaras e a medição de temperatura.
 
Cada unidade de internação deverá elaborar um cronograma de visita, distribuindo o número de visitantes em dias e horários específicos para evitar aglomerações. Considerando o início e término, cada visita deverá levar, no máximo, três horas.
 
Os responsáveis por cada unidade deverão promover a visitação em um local arejado e com ventilação natural. Os quartos dos alojamentos deverão permanecer fechados enquanto a visita estiver na unidade.
 
Os internos do sistema socioeducativo que estiverem usufruindo da saída sistemática não poderão receber visitas.
 
Fonte - Jornal de Brasilia