Dono de página de notícias sofreu agressão no meio da rua por causa de matéria sobre gastos públicos
Reprodução
Goiânia – Um jornalista foi agredido por um vereador, depois de ter publicado uma reportagem sobre gastos públicos com viagens em Santa Helena de Goiás, município a 200 quilômetros da capital goiana.
 
Cristiano Souza, administrador da página de notícias Santa Helena Agora, registrou um boletim de ocorrência por lesão corporal. Ele teve ferimentos nas mãos e nos joelhos. A Polícia Civil investiga o caso.
Veja o vídeo:
A matéria publicada pelo jornalista em 10 de junho mostrava um ranking com os vereadores que mais gastaram com diárias em viagens no mês de maio. O vereador que o agrediu, Elias de Oliveira Santos (PSD), aparece na primeira colocação. Foram usadas informações do portal da transparência do município.
 
Vereador Elias assumiu as agressões em vídeo nas redes sociais
Reprodução/Facebook
 
Toda a agressão ocorreu na segunda-feira (13/6) em uma via pública. Imagens de câmeras de segurança mostram o jornalista caindo no chão e sendo agredido com socos e chutes. Na imagem não é possível ver com clareza o agressor.
Coisa de momento
No entanto, o próprio vereador Elias reconheceu que cometeu a agressão por causa de um descontrole emocional. Ele publicou um vídeo nas redes sociais defendendo que a reportagem era tendenciosa e não deu espaço para esclarecimentos.
“Quando outro rapaz foi chegando, me chamando de moleque, com palavras realmente homofóbicas, com palavras que denigrem minha imagem, eu peguei e realmente fui as vias de fato, porque eu acredito que, acima de tudo, eu sou um homem também, e eu acredito que há um limite para você respeitar a pessoa”, disse o vereador na gravação sobre o momento da agressão.
“Claro que poderia ter feito isso judicialmente, ter chamado a polícia, mas às vezes, em um momento que nós nos desequilibramos no emocional, isso pode acontecer. Não estou justificando, dizendo que isso foi certo, não estou falando que isso foi o melhor. Mas acredito que foi o momento”, alegou ainda o político no vídeo.
Em entrevista para a TV Anhanguera, afiliada da Globo em Goiás, o jornalista Cristiano Souza disse que vai continuar a fazer reportagens, mesmo após ser agredido. Ele disse que se sentiu muito humilhado e que enquanto era agredido, o vereador falava que a matéria era tendenciosa.
Fonte - Metrópoles



Fonte: Metrópoles
Publicado em: 17/06/2022 20:00:00
Link: http://www.agenciasatelite.com.br/website/siteplus/noticia/noticia_detalhe_23a.asp?id=495&idRegistro=28092